Translate

Contacto para dúvidas ou encomendas

lena.saraiva@hotmail.com

ou deixa mensagem no Facebook

segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Como comecei a trabalhar com massa Fimo

Isto tudo do Art'Lena começou, como em tudo numa simples brincadeira, eu pelo menos não dei muito valor no inicio, e fazia apenas para ocupar os meus tempos "mortos", sem nada para fazer ou sem ninguém para chatear :).
Foi por alturas do dia da mãe há uns anos, andava eu no 12º ano ano de 2005, quando a minha mãe um dia chegou a casa a falar numa professora conhecida/amiga que estava a fazer uns bonequinhos muito giros com uma massa do género da plasticina. Eu disse-lhe para comprar uns para eu ver, e assim fez no dia seguinte apareceu em casa com duas bonequinhas e um palhaço todos feitos com a massa fimo. Acho que a minha primeira impressão foi de reprovação por aqueles bonecos coloridos que só me lembravam o circo (odeio circo), mas depois de uns minutos a olhar para eles comecei a interessar-me, principalmente pelas bonequinhas que pareciam bruxinhas.
Depois veio o inevitável, a minha mãe a incitar-me para experimentar fazer aquelas bonecas, não só para mim como para oferecer às minhas primas, ví logo ali umas prendas giras para as miúdas :) ! Porque não?? Gosto de trabalhos manuais e além das bonequinhas posso criar outras coisas!
Nos dias seguintes eu e a minha mãe lá fomos às compras ver da massa Fimo, para eu me iniciar na "arte", olhando para a amostra que tinha lá fiz as minhas primeiras bonequinhas, e para uma principiante, não me saí muito mal.




Esta é uma das primeiras bonecas que fiz.















Tirando uma das vezes que deixei queimar a massa e sairam de lá negras, acho que até saíam bem feitas.
A minha mãe para mostrar os meus feitos (orgulho das mães, mostrarem às amigas o que os filhos fazem....) levou para a creche e conclusão passado uns dias estava a fazer fornadas e fornadas de bonecas para vender, parece que tinham gostado muito e queriam para as filhas, para as filhas das amigas, para as sobrinhas, netas, afilhadas. Entretanto as minhas tias começaram a levar também para o Fundão e meu Deus, foi uma loucura, todos os miúdos, incluindo rapazes, queriam uma bruxa, para pôr ao pescoço, bem comecei assim ganhar um dinheirinho para as minhas coisas, ganhava assim uma certa independencia financeira e pessoal. Deixava de pedir dinheiro aos meus pais para coisas fúteis como roupa, revistas, livros, cd's, dvd's, bijutaria entre outras coisas.
Passados alguns meses depois de ver trabalhos girissimos na área da bijutaria, comecei a fazer fios, no inicio para mim e para a familia, mas logo alarguei as vendas ao público :).
O que tinha começado como uma "brincadeira" tornava-se algo mais, e hoje vejo isto não só como um hobbie, mas como uma arte. :)

1 comentário:

  1. beatrizvigariomartins@hotmail.comsegunda-feira, outubro 19, 2009

    Parabens pelos presépios. Eu tambem faço alguns trabalhos em fimo,entre eles presépios.
    Não sei se faz ramos de flores para a lapela de casaco? Eu gostava muito de saber fazer pois já vi ramos lindissimos, e vendo podia ser que consegui-se fazer.
    Se tiver e for possivel partilhar algum trabalho agradecia.

    ResponderEliminar

Número total de visualizações de página